Prefeitura Municipal de Nova Esperança
Alerta: sem a colaboração da população, os casos de dengue podem se agravar ainda mais
Os casos de dengue têm aumentado significativamente em todo o país, e, apesar de todo o trabalho de conscientização realizado com a população através dos diversos canais de ação e mídia, os casos ainda continuam a aumentar e preocupar as equipes de saúde.

Na última terça-feira (28), o Coordenador de Vigilância em Saúde da 15ª Regional do Estado esteve em Nova Esperança para abordar novidades sobre promoção, prevenção e controle das arboviroses. O palestrante, Raimundo Franco, especialista no assunto abordou as novidades nada positivas sobre o mosquito que pode transmitir inúmeras doenças – cinco delas – já estão em circulação, sendo: Dengue, Chikungunya, Zika Vírus, Febre Amarela e o Mayaro. “O combate ao mosquito é simples, mas a gravidade das doenças, não! Infelizmente podem levar uma pessoa à morte”, destacou o Coordenador, Raimundo.

Bastante produtiva, a conscientização reuniu colaboradores do hospital municipal, enfermeiras e agentes comunitários das Unidades Básicas de Saúde, Vigilância Epidemiológica, Agentes de Endemias, membros do comitê de combate à Dengue e outras lideranças de diversas secretarias municipais que estão envolvidas no trabalho de prevenção e combate ao Aedes aegypti.

A palestra em vigilância em saúde também abordou as novas nomenclaturas da dengue para um diagnóstico mais preciso, a organização do fluxo de atendimento por gravidade, novos sinais de alarme da doença e orientação sobre os novos tipos de vírus em circulação. De acordo com Franco, o trabalho intersetorial integrado entre população e poder público é fundamental para eliminar os criadouros do mosquito, mas a limpeza dos quintais ainda é o melhor método para garantir que os ovos do Aedes não eclodam e o veneno deve ser a última estratégia, já que oferece risco ao trabalhador e meio ambiente. O palestrante ainda frisou a falta momentânea do produto, frente ao surto de Dengue que a região vem enfrentando neste ano.

A população cabe o papel mais importante, o de manter limpo os seus quintais e não deixar água acumulada, impedindo assim o nascimento do mosquito. Quanto ao poder público, cabe a responsabilidade de conscientizar, promover ações de combate, fiscalizar e aplicar multas para quem não cumpre seu papel.



Como está o combate ao mosquito em Nova Esperança?

Os dados são alarmantes e Nova Esperança está em alerta para epidemia, mesmo realizando diversas ações intersetoriais que envolvem todas as secretarias municipais. Ativo, o Comitê de Combate à Dengue que reúne membros de diversas repartições discute uma vez por mês as ações que serão colocadas em prática durante o mês corrente para evitar a propagação do vírus.

Só neste ano, diversos mutirões de limpeza já foram realizados em vários bairros da cidade. Além disso, a Secretaria de Infraestrutura tem realizado o trabalho de limpeza no entorno da cidade – locais impróprios para o descarte de lixo – mas que costumeiramente alguns boçais insistem em atear montanhas de materiais volumosos que prejudicam o meio ambiente, tornam-se criadouros do mosquito e outros vetores e ainda poluem visualmente a cidade.

Nas residências, a visita dos agentes é constante com a orientação sobre limpeza, destruição mecânica de criadouros, tratamento com larvicidas, notificações e multas. O trabalho de conscientização é rotineiro nas escolas, empresas, comércio e com as feiras expositivas em praças e bairros.



Cemitério e pontos estratégicos

Nos locais que apresentam maiores riscos de proliferação como Cemitério Municipal e Borracharias, os agentes realizam o trabalho quinzenal eliminando mecanicamente os criadouros do mosquito e aplicação de larvicidas. A orientação da Vigilância Sanitária é de que vasos enfeitados, com pratinhos ou quaisquer outros objetivos que possam acumular água não sejam adentrados no interior do cemitério público.

O trabalho conjunto entre poder público e população deve acontecer incessantemente durante todos os dias do ano, mas com cuidado redobrado nos períodos mais chuvosos. Todos tem a responsabilidade de levar a sério a propagação do vírus e combater o Aedes aegypti.


 
Veja Mais:

  • 26/07/2019 - Saiba como foi 1º Leilão de Terrenos Industriais

  • 24/07/2019 - Nova Esperança terá seu Jardim Botânico no coração...

  • 23/07/2019 - Refis 2019 oferece desconto de 80% sobre multa e j...

  • 21/06/2019 - Prefeitura inicia a primeira etapa do Leilão de Te...

  • 11/06/2019 - Capacitação para o sistema do Bolsa Família com fo...

  • 11/06/2019 - RCP Day: Nova Esperança receberá pela primeira vez...

  • 31/05/2019 - Alerta: sem a colaboração da população, os casos d...

  • 31/05/2019 - Nova Esperança encerra campanha de conscientização...

  • 31/05/2019 - Obras no laticínio seguem a todo vapor e devem fic...

  • 18/04/2019 - Conselho Tutelar - Prorrogação

  • 08/04/2019 - Edital Eleições do Conselho Tutelar

  • 29/03/2019 - Audiência Pública de Revisão do Plano Diretor de N...

  • 12/03/2019 - IV Conferência Municipal dos direitos da pessoa id...

  • 26/02/2019 - Conselho de Saúde - Convite para Pré-Conferência

  • 08/02/2019 - Polícia Rodoviária visita alunos de escola municip...

  • 06/02/2019 - Manutenção em rede de água pode afetar abastecimen...

  • 04/02/2019 - Semana de Declaração do Simples Nacional para MEI’...

  • 30/01/2019 - Primeiro LIRAa de 2019 aponta risco de surto de de...

  • 14/01/2019 - Início das obras de Restauração do Parque das Grev...

  • 09/01/2019 - Município de Nova Esperança terá espaço Cultural n...

  • 08/01/2019 - Comunicado aos servidores ativos estátutários

  • 08/01/2019 - A Taxa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Domici...

  • 26/12/2018 - Tiro de Guerra realiza Solenidade de Término de An...

  • 26/12/2018 - Assinada ordem de serviço para construção de quadr...

  • 26/12/2018 - Expo Caminhos da Seda reúne milhares de pessoas em...

  • 26/12/2018 - Parque das Grevíleas: O Cartão Postal da cidade

  • 26/12/2018 - Papai Noel dos Correios entrega presentes para alu...

  • 26/12/2018 - Finalizando uma etapa, 244 alunos dos CMEIs de Nov...

  • 26/12/2018 - Secretarias promovem ações de Combate à Dengue

  • 05/12/2018 - Programa Cidade Empreendedora finaliza seu calendá...

  • Endereço: Avenida Rocha Pombo, 1453

    Telefone: (44) 3252-4545

    Email: ouvidoria@novaesperanca.pr.gov.br


    Nome: Moacir Olivatti

    Cargo: Prefeito Municipal

    Email:prefeito@novaesperanca.pr.gov.br


    Nome: Laís Caroline Moreira

    Cargo: Procurador Jurídico

    Email:procuradoriajuridica@novaesperanca.pr.gov.br


    Nome: Mami Yamamoto Tenedine

    Cargo: Controlador Interno

    Email:controladoriainterna@novaesperanca.pr.gov.br


    Nome: Carlos Andre Tona Mouro

    Cargo: Protocolo

    Email:protocolo@novaesperanca.pr.gov.br

    Portal Nova Esperança