conteúdo do menu

Prefeitura Municipal de Nova Esperança

conteúdo principal
conteúdo principal

Notícia

Os Ecopontos são locais de entrega voluntária de objetos e materiais que não devem ser descartados no lixo comum.

 Implantada há muitos anos, a coleta seletiva já é uma realidade em Nova Esperança e os munícipes já estão acostumados a separar os resíduos domésticos em orgânicos e recicláveis. A dúvida surge quando as pessoas precisam descartar resíduos incomuns como móveis velhos, eletrônicos, podas, roçadas, sucatas, entulhos de pequenas reformas, entre tantos outros que não estão inclusos no serviço de coleta municipal constado na Lei de Gerenciamento dos Resíduos Sólidos Domiciliares 2.588/2017, Art. 5º: “resíduos de construção civil, lâmpadas fluorescentes, pilhas, baterias, pneumáticos inservíveis, entulhos volumosos domésticos, resíduos de serviço da saúde, resíduos de atividade fabril, restos de podas/roçadas e cadáveres de animais, os quais necessitam tratamento diferenciado”.

Apesar de ser considerado um crime ambiental, de acordo com a Lei Federal 9.605/1998, é comum observar descarte irregular desses materiais, causando problemas ambientais e de saúde pública como proliferação de animais peçonhentos e vetores transmissores de doenças como a dengue e chikungunya. Uma solução que as cidades vêm adotando são os ecopontos, locais onde a população realiza a entrega voluntária de resíduos que não podem ser descartados no lixo comum e posteriormente, estes resíduos são reaproveitados, reciclados ou destinados para local ambientalmente correto.

Em Nova Esperança o Ecoponto já é uma realidade e começou a funcionar ao lado da cooperativa Cocamare. O nosso Ecoponto tem licença ambiental estadual do Instituto Água e Terra (IAT) para operar e fica aberto todos os dias, disponibilizando aos cidadãos locais específicos para o descarte de materiais volumosos que posteriormente são separados e depois tomam o seu desfecho correto, sem prejudicar o meio ambiente. “Com a criação do Ecoponto queremos possibilitar a destinação correta desses materiais, evitando seu abandono em ruas, calçadas, terrenos baldios, estradas rurais e principalmente nas entradas da cidade”, explica o prefeito, Moacir Olivatti que ainda complementa, “dentro do Ecoponto de Nova Esperança existem baias sinalizadas indicando quais resíduos podem ser descartados naquele local. A população deve levar tudo separado e também seguir as orientações dos servidores daquele local antes de realizar o descarte”.

A cidade que é referência nacional em gestão do lixo avançou mais um passo no importante papel de preservar o meio ambiente com uma gestão pública sustentável, reduzindo os impactos à saúde pública e ao meio ambiente. Jogar lixo em terrenos baldios, estradas rurais ou outros locais é crime ambiental de acordo com a Lei 9.605/1998.

 

ECOPONTO PODE X NÃO PODE

• Pode ser descartado: podas de árvore, roçadas, cerâmicas, sucatas, móveis velhos, eletrônicos, alumínio, metais, vidros, telhas, colchões, entulhos e resíduos da construção civil ou de pequenas reformas (até 1m³).

• Não pode ser descartado: restos de alimentos, animais mortos, lixo de banheiro, fraldas, lixo cortante, perfurante ou contaminante, lixo industrial, hospitalar, medicamentos, pneus, baterias, amianto, tinta, lapadas, pilhas e baterias.

É importante frisar que o Ecoponto tem um espaço reservado para receber os resíduos devidamente separados. Todo resíduo tem seu local correto para descarte e no caso de pilhas, baterias, latas de tinta o processo correto é a logística reversa, ou seja, o local onde você comprou este produto deve aceitar o descarte deste material.

 

 DIAS E HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

O Ecoponto fica localizado na Rua Xavier, 500, ao lado da cooperativa Cocamare e atende todos os dias da semana:

• Segunda à sábado: 7h às 17h

• Domingos e feriados: 7h às 12h

GALERIA DE FOTOS


O site da Prefeitura não utiliza cookies e tecnologias semelhantes.

Ver Termo